Na atualidade, as funções e tarefas dos profissionais de Psicologia implicam que estes possuam conhecimentos em vários domínios e áreas afins da Psicologia, uma vez que só assim poderão desempenhar a sua atividade com base numa perspetiva holística e integrativa do comportamento humano. Neste sentido, a formação do 1.º ciclo tem como objetivo dotar os estudantes de conhecimentos básicos e competências gerais aos níveis teórico-conceptual e de investigação nos diferentes domínios da psicologia e áreas afins.

Este 1.º ciclo integra as seguintes áreas científicas:

  • Psicologia;
  • Biologia;
  • Metodologias Aplicadas à Psicologia;
  • Ciências Sociais.

No seu conjunto, as referidas áreas têm como objetivo o desenvolvimento das seguintes competências:

  • Enquadrar histórica e epistemologicamente as bases do comportamento humano;
  • Interpretar e compreender os fenómenos nas ciências sociais;
  • Conhecer os fundamentos biológicos do comportamento e os seus respetivos processos de avaliação;
  • Identificar e delimitar as principais etapas do processo metodológico, salvaguardando as perspetivas técnica, científica e ética da investigação nas ciências sociais e humanas;
  • Capacitar e exercitar o uso correto das técnicas estatísticas apropriadas à análise de dados;
  • Identificar e integrar os processos sensoriais, percetivos, motivacionais, afetivos e da atenção e respetivo funcionamento;
  • Reconhecer e aplicar as teorias e modelos da aprendizagem e da memória aos contextos educacional e clínico;
  • Apreender os conceitos e mecanismos inerentes ao processamento de informação na associação entre cognição e cérebro;
  • Aprofundar modelos do desenvolvimento humano ao longo do ciclo de vida;
  • Compreender os pressupostos subjacentes à avaliação psicológica, bem como conhecer e aplicar os métodos de observação e avaliação nos diversos contextos de intervenção;
  • Reconhecer e aplicar os principais procedimentos da avaliação psicométrica, de forma a assegurar uma correta utilização dos instrumentos de avaliação psicológica;
  • Identificar os determinantes psicossociais da saúde e da doença, promovendo a aplicação de modelos de prevenção em saúde;
  • Compreender o modelo de desenvolvimento da psicopatologia visando o adequado reconhecimento das diferentes entidades nosológicas;
  • Alcançar um modelo de compreensibilidade dos diferentes quadros clínicos de acordo com a intervenção baseada na evidência;
  • Apreender modelos e técnicas em psicologia organizacional de modo a promover a capacidade de apreciação crítica no que respeita ao funcionamento e gestão das organizações;
  • Desenvolver capacidades de análise dos fenómenos e processos grupais.

O 1.º ciclo de Psicologia procura, na sua globalidade, dotar os alunos de conhecimentos e competências basilares de modo a efetuarem uma transição adequada para um 2.º ciclo de estudos.

Por último, é ainda de referir entre os objetivos do 1.º ciclo, o de estimular a participação dos alunos na construção do seu percurso formativo, podendo estes optar por diferentes unidades curriculares ligadas a áreas mais específicas do conhecimento psicológico (unidades curriculares optativas). Algumas destas unidades curriculares opcionais proporcionam um primeiro contacto com as teorias subjacentes a diferentes modelos terapêuticos no sentido de auxiliar os alunos no seu processo de tomada de decisão relativamente a um 2.º ciclo.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

O 1.º ciclo de Psicologia constitui a primeira etapa de formação de um Psicólogo. Esta formação base proporciona o acesso ao 2.º ciclo em Psicologia, sendo este último mais especializado. No seu conjunto, os dois ciclos de estudos são requisito obrigatório para inscrição na Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) e para o exercício da profissão de psicólogo, após realização de Estágio Profissional tutelado pela OPP.

CONDIÇÕES DE ACESSO - O DOMÉSTICA PORTUGUÊS NO ISMT

O ESTUDANTE INTERNACIONAL NO ISMT - Quais são as condições de acesso?

Podem candidatar-se ao concurso os estudantes internacionais que:

1) Sejam titulares de uma qualificação que, no país em que foi obtida, lhes confira o direito de candidatura e ingresso no ensino superior desse país. Esta situação requer a apresentação de documento comprovativo da titularidade da qualificação, onde conste a classificação final, validado pela entidade competente desse país

2) Sejam titulares de um diploma do ensino secundário português ou de habilitação legalmente equivalente. Este último caso requer a apresentação de documento comprovativo da equivalência do curso não português ao ensino secundário português, onde conste a classificação final

Programa ministrado em:
  • Português

Veja 8 mais cursos em Instituto Superior Miguel Torga (ISMT) »

Última actualização Junho 12, 2019
Este curso é No campus
Start Date
Out. 2019
Duration
6 semestres
Tempo integral
Deadline
Por locais
Por data
Start Date
Out. 2019
End Date
Prazo de inscrição

Out. 2019

Location
Prazo de inscrição
End Date